Direito

Sobre o curso

O Curso de Graduação em Direito desenvolvido pela Faculdade Evangélica de Goianésia (FACEG), autorizado e reconhecido pelo MEC, avaliado com conceito 4 de no máximo 5, está estruturado para propiciar ao bacharel a atuação como agente capaz de compreender e participar das transformações da realidade social pautada em dois objetivos: organizar a sociedade e dirimir conflitos. Nesta perspectiva, atua com sinergia entre ciência e técnica, harmonizadas com base nos pilares ensino, pesquisa e extensão.

As ações promovidas pelo curso estão delineadas em seu Projeto Pedagógico (PPC), analisado e atualizado pelos membros do Núcleo Docente Estruturante (NDE), e atendem rigorosamente aos dispositivos da Resolução CNE/CES n° 9, de 29 de setembro de 2004, que institui as Diretrizes Curriculares Nacionais (DCNs) do Curso de Graduação em Direito e demais atos normativos e, assim, tem por objetivo aprimorar as propostas pedagógicas institucionais e beneficiar os acadêmicos para atender a comunidade com plenas possibilidades de sucesso e responsabilidade social, projetando-se na vida profissional com base no personalismo ético, na igualdade e na sociabilidade.

Os compromissos descritos no PPC do curso de Direito da FACEG são materializados com participação efetiva de seu colegiado de professores qualificados, competentes e comprometidos com o saber jurídico e com capacidade para problematizar, discutir as doutrinas que norteiam as Ciências Jurídicas aliadas às experiências práticas em áreas diversificadas.  Com base nesta concepção do fenômeno jurídico, o ensino de Direito propicia ao profissional a capacidade de resolver conflitos fundamentados nas leis, todavia, com a certeza de que a ordem jurídica somente é legítima se houver a busca do ideal de justiça.

 

Dados do Curso

Grau: Bacharelado

Modalidade: Presencial

Regime de matrícula: Semestral

Duração: 5 anos

Turno: Predominantemente noturno, com aulas de prática jurídica no matutino/vespertino.

Vagas: 100 semestrais

Campus: Goianésia

Ato Regulatório:
Ministério da Educação e Cultura (MEC), Portaria nº 146, de 16 de janeiro de 2006, D.O.U. nº 12, publicado em 17 de janeiro de 2006, reconhecido e reconhecimento renovado.

“Se desejamos respeito pela lei, devemos primeiro tornar a lei respeitável.”

 

Louis D. Brandeis

Mercado de Trabalho

O operador do direito formado pela FACEG deve atuar com autonomia, e gerenciar e executar suas ações com retidão. Assim, as atividades são desenvolvidas em ambientes próprios, salas de aulas, laboratórios de informática, Núcleo de Prática Jurídica (NPJ), biblioteca (física e virtual), e, também, por meio de visitas aos variados locais onde se desenvolvem o saber jurídico, complementado com discussões em seminários, palestras, simpósios, congressos, e outros, para propiciar o desenvolvimento individual e coletivo com amplitude e qualidade que priorizem competências e habilidades.

O curso atende a formação jurídica plena e adequada ao contexto social e econômico da região, especialmente, considerando as oportunidades de trabalho, e, fundamentalmente, contribuir e possibilitar sua ascensão social, atuar com ética e responsabilidade social com vistas à construção de uma sociedade inclusiva, solidária e justa. Destarte, o curso desenvolver perfil profissional com competência para organizar, expressar e comunicar o pensamento, utilizar o raciocínio lógico e produzir análises críticas, compreender processos, tomar decisões e solucionar problemas no âmbito da área de atuação de forma harmônica e em equipes multidisciplinares. Assim, os estudantes alcançam sucesso ao realizar as provas da Ordem dos Advogados do Brasil, atuação como advogados, realização de concursos públicos, exercício do magistério em cursos superiores, dentre outras atividades. Têm habilidades e competências para atuar de forma responsável em relação ao meio ambiente, observar, interpretar e analisar dados e informações, utilizar procedimentos de metodologia científica, utilizar recursos de informática e outros recursos tecnológicos no exercício da profissão.

Matriz Curricular Detalhada  
MATRIZ CURRICULAR 2014.1
CHCR
TOTAL CURRICULO4400220
TOTAL ATIVIDADES COMPLEMENTARES1708.5
TOTAL GERAL DO CURSO4570228.5
1º PERÍODO
DISCIPLINACHCR
Ciência Política (Teoria do Estado)804
Direito Civil I (parte geral)804
Ética I (Ética Acadêmica)402
Hermenêutica402
História do Direito402
Língua Portuguesa I804
Psicologia I (A pessoa e a sociedade)402
TOTAL40020
2º PERÍODO
DISCIPLINACHCR
Direito Civil II (obrigações I)804
Direito Constitucional I804
Direito Penal I (parte geral)804
Língua Portuguesa II804
Metodologia do Trabalho Científico402
Psicologia II (a pessoa e o direito)402
TOTAL40020
3º PERÍODO
DISCIPLINACHCR
Cidadania, Ética e Espiritualidade402
Direito Civil III (Obrigações II)804
Direito Constitucional II804
Direito Penal II (das sanções penais)804
Filosofia I (geral)402
Lógica402
Sociologia I (geral)402
TOTAL40020
4º PERÍODO
DISCIPLINACHCR
Direito Civil IV (obrigações III)804
Direito Penal III (dos crimes em espécie I)804
Direitos Humanos402
Filosofia II ((jurídica))804
Sociologia II (jurídica)402
Teoria Geral do Processo804
TOTAL40020
5º PERÍODO
DISCIPLINACHCR
Antropologia402
Direito Civil V (coisas)804
Direito Empresarial I804
Direito Penal IV (dos crimes espécie II)804
Direito Processual Civil I804
Economia402
TOTAL40020
6º PERÍODO
DISCIPLINACHCR
Direito Civil VI (família)804
Direito do Trabalho I804
Direito Empresarial II804
Direito Processual Civil II804
Direito Processual Penal I804
TOTAL40020
7º PERÍODO
DISCIPLINACHCR
Direito Administrativo I804
Direito Civil VII (sucessões)804
Direito do Trabalho II804
Direito Processual Civil III804
Direito Processual Penal II804
Estágio Supervisionado I (prática processual civil)402
Estágio Supervisionado II (prática simulada civil – NAS)201
Linguagem Jurídica I402
TOTAL50025
8º PERÍODO
DISCIPLINACHCR
Direito Administrativo II804
Direito Processual Civil IV804
Direito Processual do Trabalho I804
Direito Processual Penal III804
Estágio Supervisionado III (prática processual penal)402
Estágio Supervisionado IV (prática simulada penal – NAS)201
Ética II (Geral e Jurídica)402
Linguagem Jurídica II402
Trabalho de Curso I (projeto)402
TOTAL50025
9º PERÍODO
DISCIPLINACHCR
Direito Processual Civil V804
Direito Processual do Trabalho II804
Direito Processual Penal IV804
Direito Tributário I804
Estágio Supervisionado V (Tribunal do Júri)402
Estágio Supervisionado VI (prática processual trabalhista)402
Estágio Supervisionado VII (prática NPJ)804
Trabalho de Curso II (monografia)402
TOTAL52026
10º PERÍODO
DISCIPLINACHCR
Direito Ambiental804
Direito do Consumidor402
Direito Internacional804
Direito Previdenciário804
Direito Tributário II804
Estágio Supervisionado VIII (prática NPJ)804
*Optativa402
TOTAL48024
DISCIPLINAS OPTATIVASCHCR
Direito e Tecnologia402
Direito Agrário402
Direito Eleitoral402
Direito e Vocação (as carreiras jurídicas)402
Propriedade Intelectual (Direito Autoral)402
Inglês Jurídico402
Estatuto da Criança e do Adolescente402
Conciliação, Mediação e Arbitragem402
Língua Brasileira de Sinais402
Direito do Terceiro Setor40
2
Atividades complementares : 170 horas mediante cômputo de 3 (três) diferentes atividades.

Trabalho de Conclusão de Curso

O Curso de Direito contempla, em sua Matriz Curricular, a realização obrigatório do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) que consiste em pesquisa individual orientada, relatada sob a forma de uma monografia ou de um artigo científico, na área de Direito e conteúdos afins. Os objetivos gerais de se elaborar e apresentar o TCC são os de propiciar aos estudantes oportunidade para demonstrar o grau de habilidades e competências adquirido, o aprofundamento temático, o estímulo à produção científica, à consulta de bibliografia especializada e o aprimoramento da capacidade de interpretação crítica. Também, de apresentação verbal, com postura crítica e linguagem apropriada, fundamental para atuação neste campo do conhecimento.

A gestão do TCC é exercida pela Coordenação do Curso de direito, Coordenação de TCC e os professores membros do colegiado do curso para permitir a estruturação e apresentação de trabalhos envolvendo as especialidades no campo de direito e temas afins. As produções científicas, depois de avaliadas e aprovadas em banca examinadora, constituída por três membros do corpo docente do curso, são alvo de ajustes e adaptações para apresentação e publicação em eventos e revistas especializadas. Os trabalhos são disponibilizados em repositório.

Regulamento de TCC

Estágio Curricular

O Curso de Direito da FACEG desenvolve atividades de estágio supervisionado em campos obrigatórios, gerenciado pelo NPJ, com a finalidade de proporcionar vivências e aplicação dos ensinamentos teóricos, aliando efetivamente a sociabilidade entre teoria e prática, com vistas à formação de profissionais competentes e éticos, conscientes de seu papel como cidadãos. As atividades em campos de estágio são norteadas pelos seguintes princípios:

  • defesa e promoção da dignidade humana e dos direitos dela decorrentes;
  • valorização do trabalho como meio expressivo de promover o progresso social;
  • compromisso com a construção de uma sociedade em que o saber, a convivência e os esforços humanos sejam envolvidos, iluminados e motivados por valores morais e espirituais;
  • valorização da ética como instrumento de aperfeiçoamento humano e profissional;
  • humildade que assegura o compromisso permanente com a busca do saber, e faz do ato de ensinar um processo de companheirismo e respeito na construção do conhecimento;
  • comprometimento com o processo ensino-aprendizagem, na perspectiva da formação cultural, científica, profissional e humanística;
  • sintonia estreita com a realidade local, regional, nacional e universal.

O estágio não obrigatório desenvolvido no Curso de Direito tem por preceito  a harmonização de ensino e aprendizagem que possibilitem a formação de atitudes, a aplicação de conhecimento e o desenvolvimento de habilidades necessárias à sua atuação profissional e cultural.

O estágio não obrigatório constitui-se no desenvolvimento de atividades compatíveis com a sua qualificação profissional, não substituindo o estágio curricular obrigatório e caracteriza-se pela inserção e participação efetiva do estudante em atividades de ensino, pesquisa, assessoria e consultorias apropriadas à sua formação acadêmica e profissional. Os estágios, nesta modalidade, são realizados em campos cedidos pela própria FACEG, por organizações de direito privado e os órgãos da administração pública, instituições de ensino e/ou pesquisa.

Regulamento de estágio

Regulamento do Núcleo de Práticas Jurídicas

Atividades de Extensão

O Fórum de Pró-reitores de Extensão das Universidades Públicas Brasileiras (FORPROEX) orienta que a extensão universitária, norteada pelo “princípio constitucional da indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão, é um processo interdisciplinar, educativo, cultural, científico e político que promove a interação transformadora entre Universidade e outros setores da sociedade” (FORPROEX, 2009; 2010).

Assim, o curso de Direito da FACEG é um locus privilegiado para o desenvolvimento da extensão universitária, que está vinculada ao seu PPC e oportuniza a leitura da vida social e, também, a intervenção nesta, sempre de maneira consciente e registrada em projetos acadêmicos institucionalizados. Ademais, a extensão universitária desenvolvida pela FACEG serve de instrumento para a inserção da comunidade no espaço acadêmico e, da FACEG, na comunidade. O Curso de Direito desenvolve atividades de extensão vinculadas a Coordenação de Extensão e Cultura. O NPJ é protagonista, pois, atende a sociedade goianesiense e da região em suas demandas e ser acompanhada por professores e estudantes para alcançar o seu direito e justiça, com participação de escritórios jurídicos e órgãos públicos, em benefício da comunidade carente, dentre estas ações destaca-se o projeto Unicidadã, realizado pela FACEG, em que são desenvolvidas atividades compartilhadas, notadamente as orientações e consultorias e, posteriormente, se necessário, ingresso e acompanhamento de ações judiais.

A extensão universitária ocorre por meio de eventos, projetos e programas de extensão e de prestação de serviços à comunidade, tais como, os eventos promovidos na forma de Júris Simulados, Jornadas Jurídicas, Simpósios Internacionais, palestras, mesas redondas, debates, audiências públicas, oficinas e minicursos. Em relação aos projetos de extensão, destaca-se a Faculdade Aberta para a Terceira Idade (FATI), Projeto “Sine” Censura, além dos Grupos de Estudos consolidados na FACEG: Grupo de Estudo e Pesquisa Interdisciplinar em Direito (GEPID); Grupo de Estudo e Pesquisa em Sociologia e Direito (EPISOD); Grupo de Estudo e Pesquisa em Direito Civil Constitucional. Também, Programas de Extensão promovidos pelos núcleos: Núcleo de Apoio à Assentamentos Rurais (NAAR); Núcleo de Apoio ao Combate a Violência e Uso de Drogas nas Escolas (NACVUDE); e, Núcleo de Apoio a Vítima de Violência Doméstica (NAVD); também, o Curso de Direito contribui para a materialização do Projeto Ambiente, Esporte e Vida, que tem propósitos específicos para revitalização de córregos e áreas de convivências e do meio ambiente em geral.

Pesquisa

O Curso de Direito da FACEG desenvolve diversas pesquisas para envolver professores, estudantes e comunidade local e regional, com a finalidade de coordenar e incentivar políticas e ações de fomento a estudos e pesquisas, fornecendo condições científicas para pesquisas, em caráter interdisciplinar. Atualmente o curso possui o Núcleo de Pesquisa em Direito, que tem como temática de concentração:  Sociedade, Constitucionalismo e Direito, com três sublinhas de pesquisas:

  1. Constitucionalismo, diversidade de gênero e políticas étnico raciais, vinculado ao Grupo de Pesquisa Interdisciplinar em Direito (GEPID), registrado no Diretório dos Grupos de Pesquisa no Brasil, mantido pelo CNPq.
  2. Sociologia e Direito, vinculado ao Grupo de Estudos e Pesquisas em Sociologia e Direito (EPISOD).
  3. Direito Civil Constitucional, vinculado ao Grupo de Estudos em Direito Civil Constitucional.

Professores Orientadores envolvidos:

  • Agnes Raquel Camisão, Doutora.
  • Bárbara Luiza Ribeiro Rodrigues, Mestra.
  • Eder Mendes de Paula, Doutor.
  • Fernanda Heloisa Macedo Soares, Mestra.
  • Luana Bispo de Assis, Mestra.
  • Maxilene Soares Corrêa, Mestra.
  • Simone Maria da Silva Rodrigues, Mestra.
  • Vanderlei Luiz Weber, Mestre.

Atividades Complementares

A Faculdade Evangélica de Goianésia (FACEG), mantida pela Associação Educativa Evangélica (AEE), desenvolve o curso de Graduação em Direito em conformidade com a Resolução CNE/CES nº 9, de 29 de setembro de 2004, que define suas Diretrizes Curriculares Nacionais, cujo Projeto Pedagógico e seu desenvolvimento é acompanhado constantemente pelo Núcleo Docente Estruturante (NDE), conforme orientações do Ministério da Educação.

O Núcleo Docente Estruturante (NDE) do Curso de Graduação em Direito realizado pela FACEG, normatizado pela Resolução nº 01, de 17 de junho de 2010 –Comissão Nacional de Avaliação da Educação Superior (CONAES) e, ainda, as orientações contidas no Parecer nº4, de 17 de junho de 2010, do CONAES, pelos seus membros professores, é o colegiado
responsável pela formulação do Projeto Pedagógico do Curso (PPC), pela implementação, desenvolvimento, acompanhamento das ações pedagógicas e administrativa do curso.

As orientações apresentadas neste Regulamento de Atividades Complementares(RAC) estão fundamentadas pelas DCNs, pelos dispositivos contidos no Projeto Pedagógico do Curso (PPC), Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) e demais atos normativos, submetidas ao Conselho Acadêmico Superior (CAS) da Faculdade Evangélica de Goianésia, contempla a  constituição, titulação, atribuições e o regime de trabalho dos membros do Núcleo Docente Estruturante do Curso de Graduação em Direito.

Regulamento Atividades Complementares

Diferencial Profissional

A programação e gestão do curso são elementos fundamentais para o sucesso na formação e atuação profissional. Um dos diferenciais do curso de Direito está relacionado ao conteúdo proposto e as ações desenvolvidas com base no PPC, sempre acompanhado e atualizado pelo NDE. Para o alcance exitoso dos objetivos a matriz curricular com 4.570 horas de aulas de preleção, propedêuticas e profissionais, práticas e atividades complementares; muito superior ao mínimo de 3700 horas exigidas pelo MEC. Contempla conteúdos e atividades que atendam aos três Eixos de Formação: Fundamental que visa integrar o estudante em campo, e estabelecer as relações do Direito com outras áreas do saber; Profissional que além do enfoque dogmático, abrange o conhecimento e a sua aplicação, observado as peculiaridades dos diversos ramos do Direito, de qualquer natureza, estudados sistematicamente e contextualizados segundo a evolução da Ciência do Direito e sua aplicação às mudanças sociais, econômicas, políticas e culturais da região, do Brasil e suas relações internacionais; Prática com vistas a integração entre a prática e as teorias desenvolvidos nos demais Eixos, especialmente nas atividades relacionadas com o Estágio Curricular Supervisionado, a Prática Jurídica Simulada e Real, o Trabalho de Conclusão de Curso e as Atividades Complementares.

O alcance do sucesso e viabilizado pela atuação de profissionais com habilidades e competências multidisciplinares para conduzir o saber com maestria. Nesse sentido, o quadro docente do curso está formado, em 2018, com professores com titulação de doutorado e mestrado, 75%, e com titulação de especialista, 25%; desta última, 75% estão concluindo o curso de mestrado, portanto, impactando na melhoria da qualidade acadêmica do curso; em breve, o curso contará com todos os professores titulados em cursos stricto sensu.

Outro diferencial é a inserção social promovida pelo curso mediante as atividades de pesquisas e extensão formalmente estruturada pela FACEG. Os atendimentos pelo NPJ e CEJUSC, as oficinas e cursos realizados pelo Núcleo de Pesquisa e Extensão, o atendimento e assessoria a comunidade em diversos eventos promovidos, fazendo com que a FACEG ultrapasse os seus muros para alcançar a comunidade local e regional, e, ainda, os programas estágio, de pesquisa, de intercambio e internacionalização, promovidos constantemente, para beneficiar a comunidade carente e viabilizar a ampliação e harmonização do conhecimento.

Corpo Docente

NOMETITULAÇÃOCURRÍCULO LATTES
1. Adenevaldo Teles JuniorMestrehttp://lattes.cnpq.br/1117452382901714
2. Adriani Marques França TavaresEspecialistahttp://lattes.cnpq.br/7897032925614007
3. Áquila Raimundo Pinheiro LimaEspecialistahttp://lattes.cnpq.br/9199790580886229
4. Bárbara Luiza Ribeiro RodriguesMestrahttp://lattes.cnpq.br/7003856843874225
5. Carlos Alberto da CostaEspecialistahttp://lattes.cnpq.br/3165009178205634
6. Claudemir da SilvaMestrehttp://lattes.cnpq.br/7554115245663356
7. Cristiane Ingrid de Souza BonfimMestrahttp://lattes.cnpq.br/0852275963642061
8. Cristiane Ribeiro e SilvaMestrahttp://lattes.cnpq.br/5459520134182443
9. Douglas Otoni PereiraEspecialistahttp://lattes.cnpq.br/1439537186522422
10. Éder Mendes de PaulaDoutorhttp://lattes.cnpq.br/9252527394474551
11. Fabiana Ferreira NovaesMestrahttp://lattes.cnpq.br/5301451248885378
12. Fernanda Heloisa Macedo SoaresMestrahttp://lattes.cnpq.br/4106743574024676
13. Germano Campos SilvaDoutorhttp://lattes.cnpq.br/3695583765198760
14. Gleidson Henrique Antunes de AndradeEspecialistahttp://lattes.cnpq.br/4298799262809254
15. Helena Beatriz de Moura BelleDoutora Post Dochttp://lattes.cnpq.br/4511667673353728
16. Ivan Clementino de SouzaMestrehttp://lattes.cnpq.br/1757697913101641
17. Jean Carlos Moura MotaEspecialistahttp://lattes.cnpq.br/5071377533689815
18. Joílson José da SilvaEspecialistahttp://lattes.cnpq.br/6207690773224838
19. José Mateus dos SantosMestrehttp://lattes.cnpq.br/3606073901307058
20. Kênia Rodrigues de OliveiraMestrehttp://lattes.cnpq.br/3758956810515467
21. Luana Bispo de AssisMestrehttp://lattes.cnpq.br/6367982463637297
22. Maisa França TeixeiraDoutorahttp://lattes.cnpq.br/0188449698292248
23. Maxilene Soares CorrêaMestrahttp://lattes.cnpq.br/3754539383215190
24. Myriam Christina Alves RodriguesMestrahttp://lattes.cnpq.br/5860210414401839
25. Nedson Ferreira Alves JúniorEspecialistahttp://lattes.cnpq.br/9804176091236145
26. Simone Maria da Silva RodriguesMestrahttp://lattes.cnpq.br/3277512872924366
27. Thiago Brito SteckelbergMestrehttp://lattes.cnpq.br/0356511018497554
28. Vanderlei Luiz WeberMestrehttp://lattes.cnpq.br/7407691954756334
29. Vinícius Vargas Vieira dos SantosMestrehttp://lattes.cnpq.br/5397270735760953
30. Wesley de FreitasMestrehttp://lattes.cnpq.br/4066347293003337
31. Wilson NunesMestrehttp://lattes.cnpq.br/5579190117117934

Infraestrutura do Curso

O Curso de Graduação em Direito é desenvolvido nas estruturas físicas da FACEG, com 20 salas de aulas climatizadas e compatíveis as atividades de preleção, com recursos audiovisuais, quadro branco e carteiras. Também, sala de coordenação, assessoria e todos os núcleos seus núcleos. Os ambientes físicos são de fácil acesso aos estudantes e professores e, notadamente, congregam recursos de acessibilidade para cadeirantes, pessoas com deficiência visual, dentre outras limitações.

O auditório para realização de eventos, palestras, simpósios, seminários e outras atividades acadêmico-científicas é, constantemente, atualizado, para permitir o compartilhamento de conhecimento e discussões sobre casos específicos ou gerais inerentes a área do Direito e afins.

O Curso possui o Núcleo de Prática Jurídica (NPJ) destinado ao desenvolvimento de operações no campo do Direito, reais e simuladas, além das ações desenvolvidas fora do ambiente escolar, em escritórios, órgãos públicos e pessoas jurídicas de direito privado.

O NPJ conta com recepção, salas para atendimentos coletivos e orientações, locais para atuação dos estudantes, individualmente, com mesas de reunião, cadeiras apropriadas, computadores e periféricos para a preparação das peças jurídicas e relatórios pertinentes a atividade jurídica. Neste ambiente há ambientes reservados em observância a confidencialidade requerida no atendimento de casos específicos, respeitando a individualidade de cada usuário.

O Curso de Direito mantém o Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (CEJUSC) que, em harmonia com o NPJ, realiza atendimentos, audiências pré-processuais e processuais, contando com estrutura de recepção, secretaria, sala de audiências – Justiça Móvel de Trânsito.

A FACEG possui Laboratório de Informática destinado ao uso de professores e estudantes, mediante disponibilização de recursos de mídia, internet, aplicativos específicos para estudos e pesquisas e, portanto, os atores atuantes no curso de Direito, fazem usos desses importantes recursos tecnológicos.

 

Coordenadora do curso

Drª. Helena Beatriz de Moura Belle

Graduada em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC Goiás), em Ciências Contábeis pela PUC Goiás, especialista em Análise e Auditoria Contábil pela PUC Goiás, Especialista em Direito Empresarial e Advocacia Empresarial pela Universidade Anhanguera, Especialista em Direito Educacional pelo Claretiano – Centro Universitário, mestre em Engenharia de Produção com Ênfase em Gestão de Negócios pela Universidade Federal de Santa Catarina, doutora em Educação pela PUC Goiás, linha de pesquisa Gestão e Políticas Educacionais, Post Doctorado em Ciencias Jurídicas Y Garantías Constitucionales pela Universidad Nacional de La Matanza. Professora adjunta na PUC Goiás, atua nos Cursos de Graduação em Direito, Ciências Contábeis, Administração e Economia, nas disciplinas Direito Civil e Direito Empresarial; atua em grupo de pesquisa na Escola de Direito e Relações Internacionais na PUC Goias, cujo projeto recebeu o título de Função Social da Empresa e seu Ethos Multifacetado. Atua como coordenadora e professora em cursos de pós-Graduação. Professora titular e coordenadora do Curso de Graduação em Direito pela Faculdade Evangélica de Goianésia, presidente do Núcleo Docente Estruturante (NDE); Membro presidente para elaboração e atualização de Projeto Pedagógico do Curso de Graduação em Direito, outros instrumentos, tais como Regimento Geral, Plano de Desenvolvimento Institucionais. Membro de Conselho Editorial. Membro de comissão avaliadora de cursos pelo Conselho Estadual de Educação, Secretaria de Educação, Estado de Goiás. Consultora Ad Hoc em diversos programas de pesquisa para concessão de bolsas e auxílios. Atuou ostensivamente nas áreas de administração e controle patrimonial em órgãos públicos no Estado de Goiás e Tocantins – Secretaria de Estado da Fazenda, Secretaria de Estado da Educação, Secretaria de Estado da Saúde; atua em gestão acadêmico-pedagógica, professora e coordenadora de instituição educacional de ensino superior, notadamente com atuação nas seguintes temáticas: políticas educacionais e processo decisório, reestruturação de cursos e sua gestão, organização, e controle; presidiu organização social – Instituto Brasil Central de Educação e Saúde (IBCES).

Currículo Lattes

Ainda tem Dúvidas? Contate-nos.

Telefone: (62) 3389-7350

E-mail: direito@evangelicagoianesia.edu.br