Odontologia

Sobre o curso

O Curso de Odontologia da Faculdade Evangélica de Goianésia (FACEG) tem como missão formar cirurgiões-dentistas generalistas capazes de agir de forma interativa em uma abordagem integral mediante as realidades sociais, culturais e econômicas de seu meio em prol da sociedade como um todo. O egresso estará apto a estabelecer relações interpessoais com seus pacientes de forma humanizada, garantindo a inclusão social baseada em princípios éticos, legais, cristãos e de cidadania, culminando em potencial para tomada de decisões frente ao mundo do trabalho perante questões sociais, com proposição para soluções mediante educação permanente, seja como componente ou líder de uma equipe multiprofissional. Todo o ensino do curso está voltado para preparar o futuro cirurgião-dentista para atuar no sistema público de saúde vigente e rede particular, desde a atenção básica com ênfase na promoção de saúde, quanto para referenciar e contra referenciar em situações clínicas para atenção secundária e terciária. Por fim, o egresso levará em consideração as diferentes perspectivas de abordagem no que se refere à atuação a partir dos ciclos de vida, buscando incorporar novos conhecimentos para atuar com rigor técnico e científico

 

Dados do Curso

Grau: Bacharelado

Modalidade: Presencial

Regime de matrícula: Semestral

Duração: 5 anos

Turno: Integral

Vagas: 60 semestrais

Campus: Goianésia

Ato Regulatório:
Ato de Autorização: Portaria SERES/MEC Nº. 167/2018
Data do documento: 13/03/2018 – D.O.U. 14/03/2018

“A agricultura é a arte de saber esperar.”

 

Riccardo Bacchelli

Mercado de Trabalho

A formação do futuro cirurgião-dentista é voltada tanto para o âmbito público quanto para o âmbito privado, apontando como possibilidade a multiplicidade de cenários de atuação diante das demandas da sociedade, tais como: clínica odontológica privada, prestação de serviços públicos de atenção à saúde bucal (cirurgião-dentista clínico); gerenciamento da atenção à saúde bucal (cirurgião-dentista distrital e coordenador de saúde bucal); serviços públicos de fiscalização em saúde; auditoria do Sistema Único de Saúde e dos convênios/credenciamentos; perícias odontológicas na esfera civil, criminal, e administrativa; consultoria e administração em saúde; docência universitária e pesquisa

Matriz Curricular Detalhada   
MATRIZ CURRICULAR2017.2
CHCR
TOTAL CURRICULO4940247
TOTAL ATIVIDADES COMPLEMENTARES1005
TOTAL GERAL DO CURSO5040252
1º PERÍODO
DISCIPLINACHCR
1. Fundamento Biológico I 20010
2. Língua Portuguesa 804
3. Morfologia e Escultura Dental 603
4. Orientação Profissional I 402
5. Pré-Clínica I 804
6. Projeto Interdisciplinar de Políticas Públicas de Saúde I 603
TOTAL 52026
2º PERÍODO
DISCIPLINACHCR
7. Dentística I 804
8. Fundamento Biológico II 1407
9. Metodologia do Trabalho Científico 402
10. Orientação Profissional II 402
11. Pré-Clínica II 804
12. Periodontia I 804
13. Projeto Interdisciplinar de Políticas Públicas de Saúde II 603
14. Radiologia 804
15. Semiologia 603
TOTAL 66033
3º PERÍODO
DISCIPLINACHCR
16. Base Científica 402
17. Cidadania ética e espiritualidade 402
18. Dentística II 804
19. Estomatopatologia 804
20. Fundamento Biológico III 1005
21. Oclusão 603
22. Orientação Profissional III 402
23. Periodontia II 804
24. Pré-Clínica III 804
25. Projeto Interdisciplinar de Políticas Públicas de Saúde III 603
TOTAL 66033
4º PERÍODO
DISCIPLINACHCR
26. Clínica Integrada I 1206
27. Dentística III 402
28. Endodontia I 804
29. Orientação Profissional IV 402
30. Periodontia III 402
31. Pesquisa Científica I 603
32. Projeto Interdisciplinar de Políticas Públicas de Saúde IV 603
33. Prótese Dentária I 804
TOTAL 50025
5º PERÍODO
DISCIPLINACHCR
34. Cirurgia I 804
35. Clínica Integrada II 20010
36. Endodontia II 804
37. Orientação Profissional V 402
38. Pesquisa Científica II 201
39. Projeto Interdisciplinar de Políticas Públicas de Saúde V 603
40. Prótese Dentária II 804
TOTAL 56028
6º PERÍODO
DISCIPLINACHCR
41. Cirurgia II 603
42. Clínica Integrada III 20010
43. Orientação Profissional VI 402
44. Produção Científica I 201
45. Projeto Interdisciplinar de Políticas Públicas de Saúde VI 402
46. Prótese Dentária III 804
TOTAL 44022
7º PERÍODO
DISCIPLINACHCR
47. Clínica Integrada IV 20010
48. Odontologia do Trabalho 201
49. Odontologia Pediátrica I 804
50. Ortodontia Preventiva I 603
51. Produção Científica II 201
TOTAL 38019
8º PERÍODO
DISCIPLINACHCR
52. Clínica Integrada V 20010
53. Odontohebiatria 201
54. Odontologia Pediátrica II 804
55. Ortodontia Preventiva II 603
56. Produção Científica III 201
TOTAL 38019
9º PERÍODO
DISCIPLINACHCR
57. Clínica de Diagnóstico 804
58. Odontogeriatria 402
59. Odontologia Hospitalar 402
60. Optativa 804
61. Pré-Internato Odontológico 1608
TOTAL 40020
10º PERÍODO
DISCIPLINACHCR
62. Internato Odontológico 44022
62. Internato Odontológico 44022
DISCIPLINAS OPTATIVASCHCR
Cirurgia Periodontal 804
Diagn óstico 804
Dor Orofacial e Disfun ção Têmporo Mandibular 804
Reabilitaçã o Funcional e Estética 804
Urgência em Endodontia 804
Cirurgia Bucal 804
Cirurgia Bucal 804

Trabalho de Conclusão de Curso

O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) é obrigatório no Curso de Engenharia Agronômica, e é realizado ao longo do 9º e 10º período. O desenvolvimento do TCC decorrerá como conseqüência de um processo desenvolvido durante todo o curso, tomando como foco de exercício para a construção deste, as disciplinas de estágio supervisionado e projetos de pesquisa. Tomando como base o aspecto vivencial desenvolvido por meio das experiências decorrentes dos estágios, bem como da reflexão e construção do projeto de pesquisa, o Trabalho de Conclusão de Curso deverá ter a orientação de um professor do quadro docente do Curso de Agronomia, supervisionada pelo coordenador da disciplina de TCC. O TCC tem como finalidade principal proporcionar ao estudante de Agronomia a associação entre a teoria adquirida a partir do desenvolvimento dos conteúdos ministrados no decorrer do curso e a prática em pesquisa científica, contribuindo para que graduando identifique afinidades em relação às possíveis áreas de atuação profissional.

Regulamento de TCC

Estágio Curricular

Os Estágios Curriculares Supervisionados são desenvolvidos nas disciplinas Pré-Clínica, Clínica Integrada, Clínica de Diagnóstico, Odontohebiatria, Odontogeriatria, Odontologia do Trabalho, Odontologia Hospitalar, Odontologia Pediátrica I e II, Ortodontia Preventiva I e II, Pré-Internato Odontológico, Internato Odontológico e Projeto Interdisciplinar de Políticas Públicas de Saúde.

Nas disciplinas de Estágio Clínico o estágio curricular supervisionado é realizado na Clínica Odontológica de Ensino do Curso de Odontologia da FACEG e em unidades conveniadas, em estágios extramuros.

Nas disciplinas Projeto Interdisciplinar de Políticas Públicas de Saúde I a VI, o estágio curricular supervisionado tem vivências nos diversos cenários do Sistema Único de Saúde (SUS) e também em outros espaços como serviços: filantrópicos, sociais, educacionais, religiosos, culturais e privados. Além de Organizações Não Governamentais (ONGs), Sindicatos, Conselho Regional de Odontologia, e outros.

Regulamento de estágio

Atividades de Extensão

As atividades de extensão do curso de Odontologia são supervisionadas por um Coordenador de Extensão, o qual responde por todas as atividades de extensão desenvolvidas pelo curso, e tem como objetivo geral buscar meios para alcançar a indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão.

As ações são pautadas na qualidade da atenção a comunidade, e forte vínculo com o ensino e a pesquisa, a partir da ampliação do atendimento clínico e diversas ações preventivas. As ações articulam os níveis de atenção à saúde e promovem o aperfeiçoamento acadêmico e docente, no que se refere a extensão.  No Curso há ações extensionistas externas, internas e estágios extramuros. Há participações nos projetos institucionais, como:

  • FACEG Cidadã
  • Projeto nos bairros do município de Goianésia e o Projeto Interdisciplinar de Políticas Públicas de Saúde são desenvolvidos com a aproximação do acadêmico de odontologia da realidade da saúde geral da população residente na periferia da cidade;
  • Estágios extra-muros em hospitais e serviços especializados públicos;
  • Oferta de cursos livres nas diversas áreas acadêmicas (Biossegurança; Farmacologia, entre outros);
  • Projetos de monitorias;
  • Diversos SIMPAT em empresas locais;
  • Iniciativas de Igrejas da região
  • Mostra Cultural
  • Liga Acadêmicas

Pesquisa

São desenvolvidas atividades de pesquisa no currículo para instrumentalizar o acadêmico em sua formação, como eixo metodológico, desde o primeiro até o oitavo período, em diferentes modalidades de trabalho científico, incluindo a elaboração do Trabalho de Conclusão de Curso. Há também institucionalmente apoio a pesquisa Programa de Bolsa Iniciação Científica (PBIC) e Programa de Iniciação Científica Voluntária (PVIC).

Atividades Complementares

As Atividades Complementares deverão ser realizadas pelo acadêmico a partir de seu ingresso no curso, devendo cumprir 100 (cem) horas para a integralização do Curso de Odontologia. A integralização das Atividades Complementares é condição necessária para a colação de grau e deverá ocorrer durante o período em que o aluno estiver regularmente matriculado, excetuando-se eventuais períodos de trancamento.

São consideradas Atividades Complementares: atividades técnico-científicas relacionadas à área de conhecimento do curso, como palestras; seminários; visitas técnicas; congressos; cursos extracurriculares; estágios voluntários; monitoria; jornadas acadêmicas; workshops; disciplinas optativas; entre outras do gênero; atividades relacionadas a programas e projetos institucionais, como iniciação científica; extensão; grupos de estudo; produção intelectual e técnico-científica; publicações em anais; revistas e jornais; entre outras do gênero; atividades esportivas, artísticas, culturais, sociais e humanísticas tais como torneios; campeonatos; coral; grupos de teatro dança, música; representação acadêmica junto aos Órgãos Colegiados da FACEG, entidades de Classe ou Profissionais; atividade de voluntariado; campanhas beneficentes e beneméritas; Grupos de Oração; entre outras do gênero. Outras Atividades Complementares poderão ser analisadas e validadas pela Coordenação Pedagógica/Núcleo Docente Estruturante, de Atividades Complementares do Curso de Odontologia.

Regulamento das Atividades Complementares

Núcleo de Apoio Psicopedagógico e Experiência Docente e Discente (NAPEDD)

O Curso de Odontologia da FACEG conta com o Núcleo de Apoio Psicopedagógico e Experiência Docente e Discente (NAPEDD). Este núcleo, apoiado pelo Núcleo Docente Estruturante (NDE), tem como funções apoiar os docentes em suas atividades pedagógicas e atitudinais, com ações de Educação Continuada que os capacitem para atuar em diversas metodologias ativas, Tecnologias da Informação e Comunicação (TICS), mediação de conflitos, interdisciplinaridade, métodos avaliativos, identificação de limitações dos estudantes, dentre outros. Os coordenadores NAPEDD, como são chamados os docentes que integram a equipe, tem como funções o atendimento individual e coletivo aos acadêmicos a partir da identificação das limitações de cada estudante, que podem ser físicas, visuais, auditivas, de déficit cognitivo ou psicológico, estudantes com altas habilidades e superdotação, onde são propostas ações pedagógicas e atitudinais que garantem a real aprendizagem dos conteúdos, desenvolvimento de habilidades necessárias ao exercício da profissão ampliando, assim, a aprendizagem e permanência efetivas do acadêmico.

Para o sucesso das ações de apoio ao discente, o NAPEDD promove um ambiente acolhedor estabelecendo um canal de comunicação com os docentes; aperfeiçoa o processo didático-pedagógico; estimula a articulação teórico-prática; incentiva à titulação e a produção científica, cultural, artística ou tecnológica dos docentes; incentiva a participação em eventos internos e externos; promove a capacitação e educação continuada tanto nos aspectos técnicos da odontologia quanto nos pedagógicos e atitudinais; desperta a boa relação aluno-professor estimulando o estudo e a aprendizagem; incentiva a participação dos docentes na subcomissão interna de autoavaliação do curso; possibilita a participação dos docentes em eventos esportivos; realiza confraternizações durante o semestre, em reuniões de colegiado; promove evento integrador dos docentes ao final de cada ano.

 

Diferencial Profissional

O curso de Odontologia possui um Projeto Pedagógico do Curso contemporâneo, alinhado com as Diretrizes Curriculares Nacionais para os cursos de Graduação em Odontologia com formação de profissionais competentes e voltados para as demandas da sociedade. A proposta pedagógica do Curso de Odontologia baseia-se em:

Infraestrutura: O contato dos acadêmicos de odontologia com a novas tecnologias da área de ensino e da prática odontológica. Dessa forma, o Curso conta com o Centro de Diagnóstico por Imagem (CDI), dispondo de equipamentos digitais alta tecnologia para realização dos exames radiográficos dos pacientes atendidos nas clínicas do curso. Todos as salas de aula, clínicas e laboratórios profissionalizantes do curso são climatizadas, sendo os Laboratórios de atividades práticas equipados com manequins que simulam pacientes em procedimentos práticos. Os manequins são instalados nas bancadas dos laboratórios e simularam com maior realidade os procedimentos práticos a serem executados nas clínicas em pacientes. Todas as salas de aula contam com rede de internet WiFi e suporte de rede elétrica adequada para utilização de notebooks e tablets.

Autonomia Intelectual: Desenvolvida por meio de estratégias metodológicas que estimulam o aprendizado ativo no processo ensino-aprendizagem com a busca constante do conhecimento, promovendo a capacidade do acadêmico durante o exercício da profissão de se manter atualizado, por meio da educação permanente. Têm-se o estudo de caso, como centralidade, e uso de demais estratégias de ensino-aprendizagem que provoquem no acadêmico a movimento de apreensão do conteúdo e de se apropriar deste.

Currículo integrado: As disciplinas têm conteúdos interligados para desenvolver no acadêmico, competências e habilidades significativas, para a compreensão das demandas relacionadas à profissão. Essa interligação se dá por meio dos eixos transversal e longitudinal. O eixo transversal traz um tema central abordado entre as disciplinas de cada período: 1º período (Iniciação profissional); 2º período (Promoção de Saúde, Prevenção em Saúde e Propedêutica Clínica); 3º período (Atenção Básica e Diagnóstico); 4º período (Atenção Básica e Proteção da Saúde); 5º período (Saúde da Família e Proteção da Saúde); 6º período (Gestão em Saúde e Reabilitação da Saúde na atenção secundária/ciclos de vida); 7º período (Sistema de Saúde e Reabilitação da Saúde na atenção secundária/ciclos de vida); 8º período (Reabilitação da Saúde na atenção secundária/ciclos de vida); 9º período (Sistema de Saúde e Reabilitação da Saúde na atenção terciária/ciclos de vida); e 10º período (Sistema de Saúde e Reabilitação da Saúde nos níveis primário, secundário e terciário nas redes de atenção à saúde). A articulação ainda se dá, no eixo longitudinal, por meio do estudo de caso entre as disciplinas dos períodos iniciais com os períodos vindouros, assim como a presença da iniciação científica de forma curricular, como eixo metodológico, instrumentalizando os acadêmicos quanto ao ensino articulado com a pesquisa. Ainda para articular a matriz curricular destaca-se a realização de diferente avaliação do processo ensino-aprendizagem pautada em diversificação da mesma, inserindo a proposta do O.S.C.E.

Avaliação do processo ensino-aprendizagem: São diversificadas no que se refere à natureza de cada disciplina. Aliadas as diferentes estratégias de avaliação do processo ensino-aprendizagem, para compor o processo avaliativo de forma integradora aos conteúdos ministrados durante o período, é desenvolvido o O.S.C.E. (Objective Structured Clinical Examination). Trata-se de Avaliação Estruturada e Objetiva de Desempenho Clínico, em que as disciplinas que compõem aquele período estejam integradas em um processo avaliativo, que seja baseado nos estudos de casos e outras estratégias de ensino-aprendizagem utilizadas nas disciplinas.

Encontro Interdisciplinar: A preparação para avaliação do O.S.C.E. é realizada nos encontros interdisciplinares que tem como proposta a interdisciplinaridade, que se dá de modo articulado entre as disciplinas, e esta articulação se efetiva nos momentos dos encontros interdisciplinares, planejados durante as duas primeiras semanas de avaliação, para que as estratégias ensino-aprendizagem, pautadas em metodologias ativas, a serem utilizadas durante as aulas, sejam compartilhadas por docentes e discentes.

Atividades de pesquisa: São desenvolvidas atividades de pesquisa no currículo para instrumentalizar o acadêmico em sua formação, como eixo metodológico, desde o primeiro até o oitavo período, em diferentes modalidades de trabalho científico, incluindo a elaboração do Trabalho de Conclusão de Curso. Há também institucionalmente apoio a pesquisa Programa de Bolsa Iniciação Científica (PBIC) e Programa de Iniciação Científica Voluntária (PVIC).

Atividades de extensão: Estágios extracurriculares; jornadas; congressos; cursos; atividades culturais, esporte, programas de prevenção e promoção de saúde fazem parte da rotina do curso. Projetos loco-regionais, nacionais e internacionais vem sendo desenvolvidos junto a Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa, Extensão e Ação Comunitária.

Orientação profissional: Conteúdos são abordados, como fundamentos da psicologia nos relações interpessoais profissional-paciente; teoria comportamental na psicologia; fundamentos éticos e morais da religiosidade eminente; deontologia e odontologia legal; empreendedorismo, marketing e plano de gerenciamento de resíduos sólidos em saúde; gestão de pessoas, abertura e fechamento de consultório e contabilidade; o que contribui para formação em comunicação, liderança, administração e gerenciamento.

Inserção antecipada com vivência na prática profissional: Estágios curriculares são vivenciados na rede pública desde o 1º período e prática em ambiente clínico também a partir do 1º período.

Corpo Docente

NOMETITULAÇÃOCURRÍCULO LATTES
Fernando Fortes Picoli Mestrehttp://lattes.cnpq.br/7107427975590557
Henrique Alves da SilvaEspecialistahttp://lattes.cnpq.br/8212215410709002
Ivanice Miranda ReisMestrahttp://lattes.cnpq.br/0279769766180729
José Mateus dos SantosMestrehttp://lattes.cnpq.br/3606073901307058
Juliana RodriguesDoutorhttp://lattes.cnpq.br/0159522060861544
Luciana Carvalho BoggianMestrahttp://lattes.cnpq.br/1200246323368297
Maisa Franca TeixeiraDoutorahttp://lattes.cnpq.br/0188449698292248
Marcondes Sena FilhoDoutorhttp://lattes.cnpq.br/0188449698292248
Marilia Oliveira MoraisDoutorahttp://lattes.cnpq.br/7356798559579355
Myriam Christina Alves Rodrigues Mestrahttp://lattes.cnpq.br/5860210414401839
Ruberval Ferreira De Morais Junior Mestrehttp://lattes.cnpq.br/8420051163839170
Vinícius Vargas Vieira dos Santos Mestrehttp://lattes.cnpq.br/5397270735760953

Infra Estrutura do Curso

O curso conta com o Centro de Diagnóstico por Imagem (CDI), dispondo de equipamentos digitais alta tecnologia para realização dos exames radiográficos dos pacientes atendidos nas clínicas do curso. Todos as salas de aula, clínicas e laboratórios profissionalizantes do curso são climatizadas, sendo os Laboratórios de atividades práticas equipados com manequins que simulam pacientes em procedimentos práticos. Os manequins são instalados nas bancadas dos laboratórios e simularam com maior realidade os procedimentos práticos a serem executados nas clínicas em pacientes. Todas as salas de aula contam com rede de internet WiFi e suporte de rede elétrica adequada para utilização de notebooks e tablets.

Coordenador do curso

Dr. Marcondes Sena Filho

Doutor em Patologia e Mestre em Estomatologia pelo Programa de Pós-Graduação em Estomatopatologia da Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP) da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), Especialista em Estomatologia (CRO-GO) e graduado pela Faculdade de Odontologia (FO) da Universidade Federal de Goiás (UFG). Tem experiência na área de Diagnóstico Oral, com ênfase em Estomatologia e Patologia.

Currículo Lattes

Ainda tem Dúvidas? Contate-nos.

Telefone: (62) 3389-7350

E-mail: odontologia@evangelicagoianesia.edu.br